Ser Mãe

O começo de tudo: Vida de tentante

 

Vou começar este post com uma frase impactante: Nem todas as mulheres engravidam na primeira tentativa!
Isso pode ser frustrante, né?! Mas é a mais pura verdade. E esse período de espera costuma ser repleto de sentimentos e emoções. Dentre eles  destaco a tristeza, questionamentos, expectativa, sensação de fracasso, ansiedade e culpa.

Alem de todos estes sentimentos, as tentantes ainda tem que aturar cobranças e comentários do tipo : “Há quanto tempo vocês estão casados?, Quantos anos você tem?, Ainda não engravidou?”. Comentários estes  que servem apenas para gerar emoções negativas e dificultar a tentativa de engravidar por abalar o psicológico da futura mamãe.

Isso acontece pois essa expectativa e a demora de engravidar gera grande sofrimento para a mulher. Deste modo, o cérebro entende que caso você engravide, essa ansiedade e culpa poderá aumentar fazendo com que a mulher sofra ainda mais. Para evitar esse sofrimento, o cérebro bloqueia a capacidade da mulher de engravidar mesmo que seu físico esteja saudável.

Por conta deste desejo de ser mãe, muitas vezes, a vida de tentante acaba por ocupar um espaço muito grande na mente e rotina da mulher. E parece obvio, mas isso não é bom!

É preciso ter equilíbrio e não deixar que esse desejo te faça abandonar outras áreas de sua vida. É preciso ter um emocional e fisico saudáveis e sem estresse para aumentar as chances de engravidar e não deixar que teu cérebro te sabote ao achar que você esta sofrendo.

Uma dica importante é que você não se cobre tanto. Afinal de contas, a concepção de um bebê não depende exclusivamente de você. Não passe por todas essas emoções sozinha, divida-as com seu parceiro. Conversem, façam programas para relaxar… Peso dividido é menos difícil de suportar.

Portanto, se você está tentando engravidar, procure manter a calma e se concientize que você poderá não engravidar nas primeiras tentativas. Tente não dar ouvidos às cobranças das pessoas, se distraia desse desejo sempre que possível e compartilhe suas emoções com seu parceiro. Vida de tentante não é fácil, mas podemos tentar fazer com que ela não seja tão difícil.

OBS.: Passando mais de um ano de tentativas, procure um médico/obstetra para verificar se pode haver algum problema com a saúde do casal.

 

Gostou do post? Deixa aqui nos comentários!
Você também ode gostar desse: Por que desaromatizar a maternidade?

Siga-nos em nossas redes sociais:

Instagram
Facebook
Pinterest

Participe do nosso grupo no whatsapp: Participar!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *