Colunistas

Especialidade: ser mãe

 

Uma frase que eu disse repetidas vezes (e ainda digo) após o nascimento de minha filha é: Nasci pra ser mãe.
Hoje, 1 ano e 9 meses desde que ela veio ao mundo, me considero especialista em ser mãe dela, afinal venho num “curso intensivo” diário, sem trégua. 
E ter a maternidade como especialização vitalícia nos faz deixar de lado outros talentos, algumas características que nos tornava especiais, diferenciadas.
Isso não é de todo ruim, pois essa dedicação de corpo, alma e coração ao bebê recém chegado ajuda a estreitar o laço entre mãe e filho além de nos abrir os olhos para aquele ser tão indefeso e carente do nosso afeto e cuidado, mas e as nossas outras especialidades? 
Vamos tirar da gaveta aquela mulher cheia de sonhos e correr atrás deles agora com mais garra, motivada pelo desejo de ser incrível.
Se você não está no mercado de trabalho e quer voltar um dia, pode usar o tempinho livre, que milagrosamente surge no seu dia, para estudar. Quem sabe não é  chegada a hora de ingressar na faculdade?
Estudar outro idioma!!
Fazer um curso online já que você estabelece seu ritmo de estudo e tem diversas opções até gratuitas.
Ou quem sabe, retomar aquelas aulas de violão, ou a profissão de manicure…
Bem, qualquer que seja seu talento, retome -o, torne-se especialista em cuidar de você para cuidar melhor de seu (sua) filho(a).
Adquirir conhecimento nunca é inválido, pelo contrário, nos dá compreensão sobre o que nos cerca e principalmente sobre o que o mundo reserva para o futuro dos nossos pequenos.
Ainda que você não queira usar sua especialidade como profissão, use para ser uma mãe ainda melhor e se tornar seu próprio motivo de orgulho, lembrando que sua dedicação servirá de exemplo é motivação para a nova geração.

Por Wiara Fernandes
 @wiara1

Colunista quinzenal

 

Gostou do post? Deixa aqui nos comentários!
Você também ode gostar desse: A dor e a delícia de ser mãe

Siga-nos em nossas redes sociais:

Instagram
Facebook
Pinterest

Participe do nosso grupo no whatsapp: Participar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *