Colunistas

Plano B – Filhos, férias e quarentena

Em meu primeiro texto para o blog, eu tracei um plano para não enlouquecermos no ano letivo. Bem, amiga navegante… não deu muito certo, né? Mas depois de tantos meses em casa e com aulas online, acho que posso dizer que encontrei um Plano B para não enlouquecermos ante o atual cenário letivo: abstrai e finge demência.

Sabe todos aqueles planos que traçamos lindamente em dezembro/janeiro para 2020?
Acho que já entendemos que não vai rolar, certo?
As aulas foram suspensas ainda na 1ª unidade. Livros, cadernos, lápis de cor e afins, tudo tão lindamente etiquetado agora têm outros usos…
Se você tem filhos em idade escolar, então uma nova escola surgiu para você também. Nela, não há horário de chegada ou saída –  a aula é o dia todo! E tudo isso pode te deixar impressionada e se perguntar: Como as professoras conseguem fazer essas míseras atividades postadas diariamente em menos de uma semana? É realmente possível que elas consigam em apenas uma manhã/tarde??

Aí entramos, então, no tema do post: abstrair e fingir demência.

Bem, se você, como eu, também é um tanto obcecada com listas e organização, essa não vai ser uma tarefa fácil. Eu me atento à margem dos cadernos, se tem cabeçalho no início de cada tarefa, se não tem muita cola, se os lápis estão apontados… Mas realmente vale à pena todo esforço?

Todos os dias, quando acordo (sim, eu lembro do tempo que passou!) eu preciso repetir, como um mantra que é preciso abstrair… À não ser que você seja pedagoga ou trabalhe no ambiente escolar, você assumiu a função de professora da noite para o dia, sem nenhum preparo ou ideia que não é um bom caminho descarregar as frustrações na criança.

Tudo bem o desenho passar um pouco da margem ou usar canetas coloridas para copiar as questões! O que quer que a criança aprenda, já é um aprendizado! TUDO deve ser aproveitado… Fala sério: faz diferença HOJE, você ter aprendido a tabuada de 3 aos 8 anos, ou saber os nomes dos afluentes do Amazonas antes de terminar a 4ª série??

Talvez seja a hora de pensarmos outro tipo de aprendizado… limpar os pedacinhos de papel do chão vai ajudá-lo a manter a sala organizada quando voltarmos à escola. Tirar a mesa do almoço vai ser um bom treino para juntar as coisas após o lanche…

E não vamos esquecer das professoras! Elas também estão se deparando com uma sala de aula completamente diferente! Gentileza e compreensão ainda serão os antídotos para que a gente saia mais fortalecidos dessa pandemia!

Cuidem-se!

Se possível, fique em casa. Se precisar sair, use máscara!

Abraços virtuais,

Beca.

Por a colunista Rebeca Pinho
 @acasadateacher

Colunista quinzenal
Falando sobre maternagem e organização doméstica, de forma leve e bem humorada!

 

Gostou do post? Deixa aqui nos comentários!
Você também ode gostar desse: Eu gosto de romances de banca de revista.

Siga-nos em nossas redes sociais:

Instagram
Facebook
Pinterest

Participe do nosso grupo no whatsapp: Participar!

 

VEM SER UMA MÃE EMPREENDEDORA DIGITAL: Participa do nosso Grupo VIP no WhatsApp (Link via direct do @maeempreendedoradigital_). Lá te conto como você pode trabalhar no conforto da sua casa, pertinho de seus filhos e ainda assim conquistar sua independência financeira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *